Dubai é uma das cidades mais incriveis no mundo moderno de hoje. Além de segurança, luxuosidade, avenidas largas e prédios futuristas, Dubai é um paraiso fiscal, o que significa que não há cobrança de impostos por lá. Ou seja, tudo o que se ganha de trabalho, não é taxado pelo governo, e todo o comercio é um free-shop a ceu aberto.

Burj Al Arab

Dubai é um dos sete Emirados dos Emirados Arabes Unidos, e é a cidade mais populosa com mais de 2 milhoes de habitantes. Está localizado na costa sul do golfo pérsico, na Península Arábica da Ásia.

mapa Emirados Árabes

A receita do emirado é proveniente do turismo, comércio, setor imobiliário e serviços financeiros. As receitas de petróleo e gás natural contribuem com menos de 6% do PIB de Dubai. O setor imobiliário e da construção civil, por outro lado, contribuiu com 22,6% da economia nos ultimos anos. Tal mudança começou a ser feita com o Sheikh Rashid Bin Saeed Al Maktoum e atualmente com seu filho, Sheikh Maktoum Bin Rashid Al Maktoum. Ambos iniciaram uma transformação radical na economia do emirado, acabando com a dependencia do petróleo e transformando hoje em uma cidade de comércio, serviços e turismo.

Mesquita Jumeirah

A chegada em Dubai já impressiona no aeroporto. Um dos maiores e luxuosos do mundo, com integração total de transportes ao centro da cidade. O visto para brasileiros é conseguido via online, facilmente através da página de uma das principais companhias áreas da região (http://www.emirates.com/br/portuguese/).

O que ver na cidade

Mesquita Jumeirah
Situada numa das zonas mais antigas da cidade, uma das maiores e mais bonitas do Dubai e exemplo típico da moderna arquitectura islâmica. De dia e de noite tem rara beleza. Pode-se visitá-la no interior, com um guia local, que fala um pouco sobre algumas tradições do islã.

Museu de Dubai
No forte Al Fahidi construído em 1799 e restaurado em 1993 foi instalado o Museu do Dubai. No interior das paredes que guardavam a cidade exibem-se objectos descobertos nas escavações arqueológicas, representações de casas tradicionais e mercados, e dioramas ilustrativos da vida do povo antes da descoberta do petróleo.

Dubai Museu

Gold Souk
O Dubai vangloria-se por ter um dos maiores mercados de ouro a retalho do mundo inteiro, vendendo tudo, desde lingotes a complicados trabalhos de joalharia, por uma pechincha.

Gold Souk

Spice Souk

Spice Souk
As estreitas ruas deste mercado de especiarias estão invadidas pelo cheiro de especiarias como o cravo-da-Índia, canela, incenso, frutos secos, pimenta e nozes, com sacos espalhados sobre balcões com belas cores.

Arquitetura

Palm Islands

Palm Islands são três arquipélagos artificiais no formato de palmeiras. Mesmo sendo artificial, foram usados apenas materias naturais (areia e pedras) para a construção do arquipélago, em vez de concreto e aço, mais aconselhados para o tipo de estrutura. Em cada braço desta palmeira, estão sendo construídos elegantes hotéis e grandes residências. Moradores podem ter o direito de atracar sua lancha na frente de algumas construções.

Palm Island visto do avião

The World

The World é um arquipélago artificial, ainda em construção, que forma o desenho do mapa-múndi.

Burj Al Arab

Burj Al Arab

O Burj Al Arab é um dos hotéis mais luxuosos de Dubai. Foi construído sobre uma ilha artificial, com 321 metros de altura. O edifício imita a vela de um barco, e hoje é um dos principais cartões postais da cidade e do país. A praia mais bonita de Dubai fica ao seu lado, e além do mar quente e cristalino, a visto do prédio fica ainda mais impressionante.

interior Burj Al Arab

Dentro do Burj Al Arab, a arquitetura é incrível, com cores e tons de dourado, além de jatos de água e gigantescos aquários. Há ainda um restaurante abaixo da linha do mar, o Al Mahara, com um imenso aquário ao lado das mesas de jantar, e o Skyview Bar situado a 200 metros de altura, com vistas de tirar o fôlego.

Al Mahara - Burj Al Arab

Burj Khalifa
O Burj Khalifa é o arranha-céu mais alto do mundo. Foi inaugurado no dia 4 de janeiro de 2010. Tem uma altura de 828 m , o que o torna na estrutura mais alta do mundo: ao atingir sua altura máxima. Demorou mais de cinco anos a construir. Custou US$ 1,5 bilhões, segundo seus construtores, e pode ser visto a cerca de 100 km de distância. Não deixe de subir ao topo. A vista da cidade, do Burj Al Arab e do golfo é impressionante, e fica ainda melhor no fim da tarde.

Burj Khalifa

no alto do Burj Khalifa

Não perca também um passeio pelo deserto do Golfo. Feito em veículos 4×4, subindo e descendo as dunas até um imenso e belo pôr do sol. Incrível…ao final do passeio, ainda vamos a um delicioso jantar em uma grande estrutura no meio do deserto, sobre o céu estrelado, e com dançarinas árabes. Ficaria por lá mil e uma noites rsrsrss.

final de tarde no deserto

Língua oficial: árabe
Moeda: dirham
Visto: é necessário, assim como o certificado internacional de vacinação contra febre amarela
Hora local: + 7h
Melhor época: de outubro a abril. No verão as temperaturas chegam facilmente a impressionantes 50 graus.

Dubai

Fontes
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/emirados-arabes-unidos/dubai-4.php
http://pt.wikipedia.org/wiki/Dubai