“Quando eu cheguei a Veneza, descobri que meu sonho havia se tornado _inacreditavelmente, mas simplesmente_ meu endereço.”
Marcel Proust

Veneza - Grande Canal

É inesquecível a primeira visão de Veneza ao sair da estação de trens. É uma das cidades mais incriveis do mundo. Circundada por centenas de canais, dentro da laguna de Veneza, no golfo Adriático, não há parametro entre outras cidades para espelhar a sua particular beleza. Dezenas de museus, monumentos, sua história antiga está espalhada a cada esquina, a cada ponte, a cada olhar.

Praca Sao Marcos

Praca Sao Marcos - Campanario

Situada no nordeste da Italia, tem cerca de 300 mil habitantes, e recebe todos os anos uma enxurrada de turistas de todos os locais do mundo. Tornou-se uma potência comercial a partir do século X, no qual sua frota já era uma das maiores da Europa. Foi uma das cidades mais importantes da Europa, com uma história rica e complexa e um império de influência mundial comandado pelos doges, os líderes da cidade.

mapa Veneza

queda de Constantinopla em 1453 marcou o princípio da decadência. A descoberta do caminho marítimo para a Índia por Vasco da Gama (1498) e a descoberta da América por Cristóvão Colombo (1492) deslocaram as rotas de comércio e Veneza viu-se obrigada a sustentar uma luta esgotante contra os turcos otomanos. (ver post sobre Istambul).

Grande Canal - Ponte Rialto

É classificada como Património da Humanidade pela UNESCO e entre os principais locais turísticos existentes, a Basílica de São Marcos, na Praça de São Marcos, a Ponte de Rialto sobre o Grande Canal, a ponte dos suspiros e os diversos museus e prédios históricos.

apenas um das centenas de canais

Uma das mais belas vistas da cidade fica no alto do campanário da praça São Marcos. Do alto podemos ver grande parte da laguna, as diversas ilhas, como Murano e Burano. No total são cerca de 177 canais, 400 pontes e 118 ilhas.

Vista do alto do Campanario

O principal meio de transporte na cidade, além do passeio a pé pelas belezas das pequenas ruelas e pontes, são os vaporetos, ou barcos-taxi. Além disso para um passeio mais romântico e com a cara de Veneza, nada melhor que uma gôndola, entre os pequenos canais ou pelo grande canal.

Grande Canal

Um passeio até a ilha de Murano, além de possibilitar conhecer fábricas de vidros, nos leva a uma Veneza do passado, ainda sem a influência da horda de turistas. O passeio de ida e volta ainda possibilita um belo visual do grande canal, e da arquitetura da cidade.

Ilha de Murano

Veneza é uma cidade inesquecível. Para aproveitá-la ainda mais evite a alta temporada européia, e sempre acorde cedo para aproveitar a cidade ainda sem os turistas. Procure sair com o início do amanhecer…você terá a Praça São Marcos apenas para você.

Como chegar

As melhores opçoes para chegar a cidade são pelo aeroporto ou pela estação de trem. Existem linhas diárias saindo das principais cidades da Itália, como Roma e Milão.

http://www.trenitalia.com

http://www.alitalia.com

http://www.comune.venezia.it

http://pt.wikipedia.org/wiki/Veneza