Saimos de Lucca pela autoestrada A11 bem cedo pela manhã, pois tinhamos vários destinos a conhecer neste dia, até a chegada no fim de tarde em San Gimignano, na região de Siena, mais ao sul. Seguimos em direção oeste, para a cidade de Pisa, a apenas 20 km de Lucca. Em uma bela estrada, chegamos a um promontório, onde avistamos o vale abaixo, a cidade ao longe, e a famosa torre inclinada.

Região da Toscana - principais cidades

 

     Pisa é uma das cidades mais conhecidas da Itália, onde muitos turistas vão conhecer, justamente pela belíssima área em torno da torre, chamada de Campo dei Miracol. Além da Torre de Pisa, o Baptistério e a Catedral formam um conjunto arquitetônico impressionante.

Campo dei Miracoli - da esquerda para direita, Baptistério, Duomo e Torre

     Pisa possui cerca de 85.000 habitantes, na foz do rio Arno, próximo ao mar Tirreno.Embora construida para ficar na vertical, a torre começou a inclinar-se logo após o início da construção, em 1173, devido a uma fundação e as caracteristicas do solo. Tem cerca de 56 metros de altura e levou cerca de 177 anos para a construção ser acabada, devido a dificuldades financeiras e guerras longas com cidades da região, como Lucca, Gênova e Florença. Foi do alto da torre de Pisa que segundo a história, Galileu soltou duas bolas de ferro com massas diferentes, provando que o tempo de queda independia de sua massa. Em 1987, todo o complexo foi constituido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

Torre de Pisa

       Deixamos Pisa em direção sul até a Autoestrada A12, seguindo as placas em direção a região de Chianti e Siena, trocando de estrada na SR429. Passamos por diversas cidadezinhas italianas, paisagens de tirar o fôlego. Nosso destino seria a cidade de San Gimignano, uma autêntica cidade medieval, cercada por muralhas, próximo ao vale de Chianti. 

 

entrada de San Gimignano

       Chegamos a San Gimignano no fim de tarde. Descobrimos que não é possível entrar na cidade com carro, existindo grandes estacionamentos pagos ao lado de fora em três setores. Existem duas entradas principais, e algumas outras menores ao longo de toda a estensão da cidade murada. Escolhemos um belo hotel na praça Cisterna, a principal da cidade, e lá fomos com a bagagem nas mãos. Nossa intenção inicial era pernoitar ali, mas a cidade se mostrou tão incrível, com tão boa localização para as cidades próximas, e ainda com um bônus de uma festa medieval, que acabamos ficando três noites.

uma das diversas ruas da cidade enfeitada para a festa medieval

praça principal da cidade

A bela San Gimignano tem cerca de 7.500 habitantes e [e conhecida como a cidade das torres, vistas já há uma boa distância da cidade.  Embora no passado chegasse a terem existido 72 torres, hoje as 14 existentes dão uma beleza autentica e unica a esta antiga cidade feudal. A cidade tem diversos atrativos, como museus de torturas, a Igreja della Colegiada com seus afrescos, as vistas incríveis de diversos pontos da cidade, incluindo do alto de sua Torre principal,além é claro dos diversos restaurantes e pequenas lanchonetes onde se pode saborear um excelente vinho da região no fim de tarde.

a cidade das Torres

A cidade tem duas praças principais – a Piazza della Cisterna e a Piazza del Duomo, que são praticamente unidas e formam o coração da cidade.

vista do alto de uma das torres

A festa medieval foi um atrativo a parte, e foi uma grata sorte estar na cidade no momento que fariam a celebração. Diversos moradores da cidade vestidos com costumes de época, lanceiros, flecheiros, lutadores…várias lojinhas, desde amoladores de espadas a fazedores de escudos, além de muito vinho, danças e luzes. Era na verdade uma competição entre quatro grupos, com cada cor dominando uma das ruas principais de saiam da Piazza della Cisterna. Assim, existiam os grupos vermelho, azul, verde e amarelo, e a cada competição era uma alegria entre os vencedores. De arco-e-flecha a cabo de guerra, de dia e de noite, uma programação intensa que durou 2 dias, com um show de fogos de artificio iluminando as torres na noite final. Fantástico.

competição de arco e flecha

cavaleiros medievais

San Gimignano é uma jóia medieval, uma cápsula do tempo, no interior da Itália. No próximo post, sairemos da cidade pelo vale do Chianti, saboreando seus vinhos, aromas e cores, em direção a cidade de Arezzo, na região leste da Toscana italiana.


Anúncios