Lendo os posts anteriores sobre a Espanha e Bilbao, você já deve ter pensado que vale a pena conhecer um pouco deste rico país.

Mas, se você já foi a Barcelona, e não experimentou locar um carro e viajar por outras cidades da Catalunha, perdeu uma ótima experiência. Aluguei um carro na Estação Ferroviária de Barcelona Sants, a principal da cidade. Precisei apenas de uma habilitação brasileira e um cartão de crédito. Em seguida, fui em direção ao sul da Catalunha, pela autoestrada C-32. O caminho é rápido e fácil, principalmente com um GPS. Depois de  menos de 40 Km, chegamos a bela cidade de Sitges, no litoral do Mediterrâneo.

Sitges

A cidade fica encravada em uma bela região litorânea, com cerca de 28.000 habitantes. A cidade é famosa no mundo pelo seu festival de cinema e pelo seu festivo carnaval de rua. Hoje a economia da cidade é baseada no turismo, e por conta de suas praias e faixa litorânea, bares e restaurantes é conhecida como a “pequena Ibiza”. Na alta temporada (verão, carnaval ou grandes eventos em Barcelona), o ideal é procurar fazer a reserva de hotéis com antecedência, pois apesar de uma grande rede de hotéis, a procura pela cidade é muito grande e não é incomum a falta de leitos.

Sitges - Igreja de São Bartolomeu

A Igreja de São Bartolomeu domina a paisagem da praia principal da cidade, além da ampla faixa de pedestres e suas belas palmeiras. O principal programa na cidade é aproveitar o fim de tarde, descansando na praia, ou em bares de fronte a ela, vendo o entardecer, com o sol se pondo no mediterrâneo.

Sitges no final de tarde

Tarragona fica mais ao sul, seguindo pela mesma autoestrada C-32, a cerca de 100 km, e é a capital da província com o mesmo nome. Tem grande tradição histórica cultural, é destino de muitos turistas, tanto por suas praias como por seu patrimônio histórico e artístico. Está junto a outros doze lugares espanhóis que é considerado Patrimônio Mundial da Unesco.

Anfiteatro Romano

A cidade conta com diversos atrativos históricos,  da época do Império Romano, já que sua fundação data do século I d.C. Dentre eles, se destaca o belo Anfiteatro Romano, que ao lado do Mediterrâneo, forma uma bela paisagem. Além dele, o Circo Romano e as ruínas da antiga Muralha, são outras opções de visitas para o final da tarde. Tarragona conta também com um grande Porto comercial, um dos maiores de toda a Espanha.

Aqueduto Romano

Na volta para Barcelona, retornei pela Autoestrada C-31, que costeia o litoral. Subindo e descendo pelas falésias, surgem incontáveis mirantes que sugerem paradas para apreciar o Mediterrâneo azul.

No próximo post, visitaremos a cidade de Barcelona, suas Ramblas, e as incontáveis memórias arquitetônicas de Gaudi.