Marrocos (em árabe: المغرب, al-Maġrib; em berbere: Amerruk / Murakuc), cujo nome oficial é Reino de Marrocos, é um país situado no noroeste da África, na região do Magreb, fazendo fronteiras com o Mediterrâneo, Oceano Atlântico, Argélia, Mauritânia, e pelas cidades autônomas  de Ceuta e Melilla (ambas espanholas).

Bandeira do Reino de Marrocos

A capital Rabat possui cerca de 1,7 milhões de habitantes e é a segunda maior cidade do país. Casablanca (3 milhões), Fez (1,1 milhão), Tânger (700 mil) e Marrakech (1,2 milhões) são as cidades mais populosas, de uma população total estimada de cerca de 38 milhões de habitantes.

Culinária típica - Couscous

Marrocos é um país de múltiplos contrastes, com cidades costeiras a Oeste, montanhas com mais de 4.000 metros na Cordilheira do Atlas, e o deserto do Saara a Leste.

A economia marroquina está baseada na agricultura, serviços, industria transformadora de produtos têxteis e couro, além do turismo. A moeda do país é o Dirham (MAD) (1 MAD = 0,22 Reais em abril/2012).

Au Maroc - Pierri Lotti, 1890

A língua oficial é o árabe, mas a maioria dos habitantes fala fluentemente francês, especialmente no norte e no sul, e espanhol, além do bérbere.

Dentre os indicadores sociais, o IDH(2010) de Marrocos é de 0,567 (114 lugar), a esperança de vida ao nascer é de 72 anos, e a taxa de mortalidade infantil é de 30,6/mil nascidos vivos. A alfabetização da população é de cerca de 53%.

Na sua história, Marrocos, tal como grande parte do Norte de África esteve sucessivamente sob o domínio dos fenícios, do Império Romano e do Império Bizantino até à chegada dos árabes, que trouxeram o Islã no século VII. Os berberes retomaram o poder e conquistaram boa parte da península Ibérica, onde apenas em 1492 foi expulso pelos Reinos Espanhol e Português.

Marrocos - vários olhares

Nos séculos XIX e XX, como vários outros países africanos, Marrocos esteve sob domínio da Espanha e da França, e sua Independência da França se deu em 1956, chegando ao poder o sultão Mohammed V. Em 1957, ele transforma Marrocos em um reino e passa a usar o título de Rei.

Mapa Marrocos e trecho da viagem de Fez a Marrakech

Minha viagem ao Marrocos teria a duração de 7 dias, iniciando em Fez, cruzando a Cordilheira do Atlas até o deserto do Saara, e voltando pela cidade de Ouarzazate até cruzar novamente o Atlas em direção a Marrakech.

No próximo post, chegaremos a cidade de Fez, e visitaremos sua Medina, em uma viagem no tempo ao século IX.