No segundo dia da viagem ao Marrocos, seguimos em direção a nosso destino final do dia, a cidade de Erfoud a cerca de 700 km a leste de Fez. Subindo a cordilheira do Atlas, passamos por alguns vilarejos, oliveiras e cabras, enquanto a neve no topo das montanhas ficava cada vez mais perto.

Marrocos e Cordillheira do Atlas visto do espaço

Chegamos logo a cidade de Ifrane, que mais parece um resort europeu ou sul americano de Ski, com chalés e cafés espalhados pelas ruas, casas modernas e largas avenidas, completamente diferente da Medina. Saindo da cidade, passamos por um vasto platô branco, com neve por todos os lados da estrada, e montanhas altas por todo o lado.

cruzando a cordilheira

Estávamos passando por um passo na Cordilheira Atlas, e logo desceríamos do lado leste, onde veríamos uma árida e vasta região. Fizemos uma breve para no Parque Nacional de Ifrane, para apreciar algo pouco comum. No alto da África, com gelo por todos os lados, dezenas de macacos, em grupos com filhotes, andavam e ficavam curiosos com nossa presença. Não temem o contato conosco, e ficam bem a vontade para tirar fotos.

Macacos marroquinos

macacos no Atlas

Descendo o Atlas, passamos pela cidade de Azrou e após ela por um enorme e longa estrada quase reta por todo o tempo, em direção à fronteira com a Argélia. Uma breve parada para o almoço, contemplando o contraste entre a aridez da região e a parede branca do Atlas ao fundo, e logo seguíamos para a próxima cidade de Errachidia.

cordilheira do Atlas

Passamos pela cidade, com as montanhas ficando cada vez mais atrás de nós ao longe, e a nossa frente surgiam montanhas em diversos tons de ocre, até nossa parada ao final da tarde em uma hospedagem em Erfoud chamada Xaluca, um fantástico oásis na beira do deserto.

uma das várias vilas entre Errachidia e Erfoud

O restante da tarde foi para um curto descanso aproveitando a beleza do lugar. No próximo dia teríamos cerca de 2 hs de viagem até as dunas de  Merzouga, no início do deserto do Saara, a 40 km de Erfoud e a apenas 20 km da fronteira com a Argélia.

chegando a hospedagem na Xaluca em Erfoud

mapa da região de Merzouga

No próximo post iremos ao deserto do Saara, bem perto da fronteira com a Argélia. Continue viajando comigo…

Anúncios