Caius Julius César – ícone e maior general de Roma

Roma é uma cidade tão fantástica que em 5 dias é difícil ter tempo para conhecê-la totalmente. Se você já leu meus dois posts anteriores sobre Roma, e ainda quer se apaixonar ainda mais pela cidade, aí vão algumas dicas de passeios incríveis:

1.Piazza Navona (pode-se chegar a pé)

Piazza Navona

Próxima ao Panteão, a Piazza Navona é uma grande área a céu aberto, com grandes monumentos e 3 belas fontes: a  Fontana dei Quattro Fiumi, a Fontana del Moro e a Fontana di Nettuno. Nesta praça também está localizada a sede da Embaixada do Brasil.

Homenagem a Giordano Bruno no Campo dei Fiori

Bem perto dela, o Campo dei Fiori abriga uma rica feira de mercados públicos, além da bela estátua de Giordano Bruno, que foi ali queimado pela fogueira da Inquisição da Igreja Católica, por acreditar na iluminação trazida pelo conhecimento científico.

2. Piazza Spagna (pode-se chegar de metrô ou ônibus)

Ponto de encontro diurno e noturno de romanos e turistas, tem uma enorme e bela escadaria que  leva à igreja de Trinità dei Monti. A fonte no meio a praça em forma de barco é chamada de La Barcaccia.

La Barcaccia – Piazza Spagna

3. Parque Villa Borghese (pode-se chegar de metrô ou ônibus)

Situado na colina Pinciana é o segundo maior parque de Roma, com 80 hectares. Diversos museus e edifícios se localizam em seu interior, além de pistas de corrida e caminhada. Um belo lago convida a um passeio de barco a remo no fim de tarde.

Jardins em Villa Borghese

4. Cidade do Vaticano (pode-se chegar de metrô ou ônibus; a volta pode ser feita a pé)

Vaticano – Praça São Pedro

Cidade Estado dentro de Roma, com cerca de 44 hectares e menos de 800 habitantes, cercada por muros bem elevados. É o menor Estado do mundo, tanto em área quanto em população. Existe desde 1929, após o tratado de Latrão. Vale a pena pela bela praça de São Pedro e pela riqueza do seu museu. Chegue bem cedo, pois o museu fica lotado de turistas e é muito grande. A famosa Capela Sistina fica no final do passeio ao museu, mas não é permitido fotografias no seu interior.

Museu do Vaticano

Roma é uma cidade para se visitar várias vezes, e com calma, para aprender sobre seu passado e apreciar suas belezas. Existem tantos monumentos e tantos locais dignos de registro que um blog de viagens fica pequeno para mostrar tudo.

Obelisco Egípcio na Piazza del Popolo

Roma foi tão grande em sua época que dominou outros Impérios. Na Piazza del Popolo, próximo a Spagna e Villa Borghese, existe um obelisco egípcio do tempo do Faraó Ramsés (cerca de 1200 A.C) que foi trazido para Roma pelo primeiro Imperador de Roma, Caius Julius Cesar Otaviano. Mas, esta história fica para o próximo blog de viagens, no Turistasemfronteiras.